sábado, 4 de maio de 2013

Resenha #8 A seleção

Quem não gostaria de ser uma princesa? Quem não gostaria de morar em um enorme palácio cercada de seguranças ? E principalmente quem não gostaria de ser casada com um príncipe, que sempre faz de tudo para agradar sua donzela? A resposta é simples; todas as garotas menos América. América é completamente apaixonada pelo namorado Áspen, com quem ela mentem uma relação em segredo há dois anos devido ao fato de que o garoto é de uma casta inferior, em outras palavras, mais pobre do que ela, ele faz ate serviços para família dela. Só que ele não aceita o fato de que ele não pode dar tudo o que ela precisaria após o casamento. Com esta conclusão ele termina o relacionamento, e insiste para que ela participe da "seleção" que é uma competição onde o príncipe escolhe sua esposa. E ela é selecionada entre as trinta e cinco garotas que vão para o palácio conhecer o príncipe, e a partir dai já da para ter uma idéia do que acontece.
Eu me surpreendi muito neste livro, cada pagina eu ia ficando mais encantada com o príncipe e mais solidaria a América, uma característica que eu amei nela, (tirando o apelido Meri) é que qualquer coisa ela esta chorando, ela é muito sensível. Eu choro muito com coisas do dia-a-dia em compensação não tem coisa mais difícil do que me ver chorar em livros e filmes, meu titio fala que eu só me comovo com coisas reais, mais eu ainda não entendi como eu não consegui chorar assistindo 'Uma prova de amor' ( eu quero resenhar este filme em breve) já que eu amei o filme e fiquei com o coração faltando explodir de dor, eu acho que eu preferia chorar do que ficar com esta sensação nostálgica, que dura uns dois a três dias.
Continuando, eu achei a historia super interessante e inteligente, a autora soube como intercalar o drama o romance e o suspense (o que os rebeldes querem?) no livro de uma forma viciante, dinâmica e nada cansativa, ela mantém o misério da maneira correta, para o segundo livro.
Com quem América vai ficar? Quem são os rebeldes? O que eles querem? Qual o passado da rainha (só eu fiquei curiosa para saber disso?) entres outras perguntas que não foram respondidas.
Concluindo, eu gostei muito do livro em absolutamente todos os aspectos. Eu indico muito para todos, porque ele realmente alcançou as minhas espectativas, e ainda foi um pouco além.

Nota de 0 a 10: 10
Editora: seguinte
Número de páginas: 320